Depoimento Forum Model: Maria Buhler

Depoimento Forum Model: Maria Buhler

Maria Buhler foi a primeira modelo curvy da Forum Model. Neste depoimento pedimos para ela contar para a gente como foi seu processo de entrar na agência, o que ela sentiu, suas experiências e trabalhos realizados até o momento. 

Como você conheceu a Forum?

Eu conheci a forma 5 anos atrás quando estava andando no shopping depois da aula, novinha, eu tava saindo do colégio, fui dar uma paquerada no shopping e uma moça scouter me abordou falou que a tia perfil, que eu era muito bonita que eu era alto e que eu era muito nova e que eles estavam buscando isso na época. Liguei correndo para o meu pai falando: “a moça me abordou, vou ser uma modelo, vai ser maravilhoso”. E nós viemos para cá, nós chegamos aqui, nós somos muito bem recebidos, eu não me lembro quem foi que me que agenciou, mas ele foi tão explicativo, ele foi tão sincero. Ele falou assim: ‘A sua filha não é perfil Fashion mas ela tem altura, ela pode pode criar um novo perfil dentro da nossa agência que nós não temos’. E foi o que aconteceu criar o perfil no que no meu caso é o curvy né, que é faz parte de comercial, faz parte de passarela, mas não uso 36 37 e as medidas padrões.

Qual foi o seu primeiro trabalho?

O meu primeiro trabalho ele… Ele foi um de biquíni que eu estava fazendo um casting internacional aqui e por um acaso o cliente apareceu e nós estamos fazendo esse casting e a cliente falou: ‘Todas as modelos que estão aqui estão convidadas para o casting’. Nós fomos para o shopping e no mesmo momento o booker da época pegou a gente, colocou no carro dele, levou para o shopping, foi com a gente o tempo inteiro no casting, explicando, cuidando de nós.  Porque a maioria que estava no casting nunca tinha feito um trabalho, nunca tinha feito um casting antes. Então eram muito inexperientes, não tinham como saber o que é certo, que o que não é, e o que o cliente pode fazer conosco. No outro dia foi o trabalho foi muito divertido, o tempo inteiro perguntando se estava tudo bem, se a gente tinha comido, se tinha tomado água, se tinha ido no banheiro, porque às vezes você tá tão conversando e fazendo tanta coisa que você não lembra que tem que ir ao banheiro, e mandando foto e fazendo propaganda nossa. E um dos bookers foi com a gente durante o backstage e ficou conosco até o final do desfile. Foi muito muito divertido e se tornou uma coisa leve. É um trabalho sério, mas é um trabalho sério que pode ser divertido, que foi divertido e continua sendo divertido.

Qual o trabalho que mais te marcou?

O trabalho que mais me marcou foi no ano retrasado, o desfile do Pátio Batel. Eu disse lei para Riachuelo e para Zara, foram umas duas marcas que eu desfilei nos dois dias. Foi o desfile maior mas é renomado que hoje eu fiz, eu nunca tinha conseguido nem chegar no cast dele, mas pela primeira vez eles abriram para um público de modelos com tamanhos maiores, com curvas e eu passei de primeira no casting. Foi muito muito divertido, foi uma experiência maravilhosa apesar de ser corrido, ser estressante, porque são dois dias muito pesados em que a gente fica muitas horas lá fazendo… Esperando para desfilar e se arrumando… E problemas normais que dão durante o backstage. Foi muito importante a visualização, as entrevistas, repórteres, a gente gravando muitos Stories, né, contando como está sendo, chamando o pessoal. Foi uma experiência muito diferente e muito valorosa.

O que a forum é para você?

A Forum, ela é muito franca com as suas modelos e com seus clientes. Eles falam a verdade, eles não tentam mentir falando: ‘não amanhã você vai ser uma modelo internacional, vai ser Gisele Bundchen’. Não vai, você precisa de experiência, você precisa estudar realmente a profissão. E a Forum sempre foi muito sincera, sempre falou: ‘Maria você não cabe numa calça 36, você não usa 36, você não usa 34, não adianta te mandar para trabalhos e castings que são 34. Vamos trabalhar com o seu perfil com as suas curvas, vamos trabalhar com mulher real mulher, maior do que as nossas modelos Fashion’. Desde o primeiro momento sempre foi colocado isso para mim então, eu nunca tive esse problema de ilusão, de: ‘aí eu vou ter que usar 36’,  essa necessidade de usar 36. A Forum, comigo, como fui, eu imagino, a primeira modelo curvy que eles tiveram, que não é plus size e nem fashion, eles abriram muitas portas, nós fizemos um trabalho em conjunto, para que o curby funcionasse dentro da agência em Curitiba e quem sabe para fora do Brasil também. Esse diferencial da Forum que eu só vi aqui. Nenhuma agência, nem em outras cidades, nem em São Paulo, eu vi alguém que foi tão sincero, não para ser mal com as modelos, mas para ser realista e para que os modelos entendam o que o mercado não é fácil e se tornem realmente fortes.

Você recomendaria a Forum?

Eu recomendaria, como recomendo e como já trouxe meninas, amigas minhas que eu achava que tinham perfis, para dentro da agência. Porque eu realmente confio, bato pé, que a Forum é a melhor agência de Curitiba. É a melhor, é a mais comprometida e a mais séria também. 

Se você quer assistir esse depoimento na íntegra é só clicar aqui. Vejam também outros artigos e dicas no nosso blog clicando aqui. Gostou do depoimento da Maria Buhler, sigam ela no Instagram: @maria_buhler

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *